TV Panasonic Plasma 42″ TH-42PV70LB

O aparelho, com acabamento em black piano, veio bem embalado com proteção de material plástico, resistente e macio ao mesmo tempo, e envolto em folha macia e saco plástico, que evita qualquer possibilidade de risco ao retirar dar caixa. Apesar do peso da unidade, é aconselhável a retirada por duas pessoas para evitar qualquer possibilidade de avaria, já que a unidade é de tamanho considerável para uma pessoa somente manusear e ou carregar, além do que, ela pesa algo em torno de 28Kg.

A montagem no pedestal fornecido, sobre um móvel, é simples e prática, e feita em duas partes. Os cabos de força, vídeo e áudio também são fáceis de conectar. Se fosse instalado na parede, acho que teria alguma dificuldade com os cabos devido à envergadura dos mesmos e a distância que ficaria entre a parte traseira da TV à parede, por outro lado, não daria para ficar fazendo testes com cabos, já que o tira e põe, iria requerer mais pessoas para auxiliar na troca de cabos.

Por precaução, conectei o cabo de força da TV num condicionador de energia, juntamente com o DVD player e o decodificador de TV por assinatura. Penso, doravante, em utilizá-lo com um condicionador de melhor porte, pois sei que isso traz resultado de melhoria na imagem, como já comprovado no meu HT.

As primeiras impressões sobre a qualidade da TV foram positivas, tanto em TV como em DVD, chegando a me agradar em 100%. Gostei mesmo!

O aparelho é de fácil navegação através do controle remoto.

A qualidade de imagem da TV por assinatura varia de canal para canal, já que os sinais são transmitidos via cabo, conforme a qualidade recebida das unidades geradoras. Mesmo assim, há canais com boa qualidade de imagem, tanto em imagem de filmes quanto em desenhos.
Logicamente, a imagem em DVD é superior.

Neste primeiro momento, somente testei com a conexão via componente, sem upscale, e fiquei satisfeito com o resultado da qualidade de imagem, que deu um bom contraste, boa definição de cores, ótimo brilho, recortes e preto ótimos, após as primeiras calibragens.

O cabo componente utilizado na conexão do DVD é trançado, de fabricação nacional, de boa qualidade e bom acabamento, e mede apenas 90cm.

A TV dá ainda a opção de som surround, onde fiz a opção para esse modo de áudio tanto para assistir a TV quanto a DVD.

Acredito que para aqueles filmes em DVD que não tenham grandes atrativos sonoros, e que não requeiram efeitos surrounds, vale muito a pena assistir, por exemplo, num quarto (que foi a minha opção), do contrário, é preferível assistir no HT e em projeção para um melhor aproveitamento sonoro e de imagem.

A distância do espectador à TV ficou em torno de aproximadamente 3,00 metros de distância da tela, o que não trouxe nenhum prejuízo à imagem, talvez se fosse um pouco mais longe como algo em torno de 3,50m, a qualidade estaria melhor ainda.

Agora, testando em HDMI, a qualidade de imagem deu um salto, ficando mais nítida nas suas nuances e detalhes, e com upscale em 720p do player. O cabo utilizado foi o que veio com o próprio aparelho, via plug HDMI.

Gostei mais ainda do que vi o que me deixa bastante satisfeito pela aquisição.

Bom, com isso pude concretizar o que já tinha em mente algum tempo atrás, quando doei a minha wide CRT 32″ ao meu pai.

Espero que essa avaliação possa ajudar a quem procura um novo TV, e precisa de uma opinião confiável para acertar em sua escolha.

Testado em Outubro/2007

Características:
-Trinorma (Pal-M / Pal-N / NTSC).
-High Definition.
-3D Y/C Digital Comb Filter.
-Gerenciador de Cores 3D.
-Controle do Sub Píxel.
-Funcionamento silencioso.
-Painel de longa vida: 60.000 horas.
-Alta Resolução de imagem.
-Progressive Scan.
-Som surround.
-Timer: Sleep/Ligar/Desligar.
-Closed Caption.
-Tela com revestimento anti-reflexo.
-Tecnologia Lead Free (livre de chumbo).
-Alto falante embutido.
-Função Aspect: Alteração do formato da imagem (6 opções).
-Redutor de ruídos para imagens em movimento.
-2 Entradas HDMI.
-Entrada para PC.
-Pedestal incluso.

Especificações técnicas:
-Voltagem: bivolt.
-Sistema de recepção TRI.
-Tamanho da Tela 42″ (106 cm) diagonal.
-Progressive Scan.
-Resolução HD (1024×768).
-Taxa de Contraste Max. 10.000:1.
-Potência de Áudio 20W RMS.
-Entrada para SD.
-HDMI 2.
-VIERA Link.
-Vídeo Composto 4(3T.1F).
-PC.
-Vídeo Componente 2.
-S-Vídeo.

Dimensões aproximadas: 70,5x102x9,4cm (AxLxP)
Peso aproximado: 28kg
Garantia do fornecedor: 12 meses

ref.: TH-42PV70LB
Fornecedor – Panasonic
Preço médio em 21/10/07: R$ 3.300,00

2ª Opinião

por Eduardo » Qui Jan 03, 2008 9:35 am

Adquiri este TV para uso próprio, em substituição à um modelo anterior CRT de 34″ da Toshiba.
Sempre fui fã do CRT, e acho-o imbatível ainda em alguns aspectos. Este modelo da Toshiba foi um dos mais felizes lançamentos deste fabricante, com qualidades que na época não vi em muitas TVs concorrentes.
A idéia de ter uma imagem um pouco maior, aproveitando o padrão widescreen, me levou a compra do Panasonic.

Foi muita pesquisa antes de comprar. Reviews exagerados em algumas publicações, opiniões confusas e bastante tendenciosas em alguns espaços da internet que não me convenciam por esse modelo. Tive que fazer uma avaliação por conta própria, visitando várias lojas e observando cada imagem, nas diferentes configurações. Isso não é muito fácil, pois a maioria das lojas sequer sabe como instalar uma TV dessas, muito menos o que associar à ela.
No Extra de Itatiba, o aparelho estava ligado via Video Composto à um DVD de uma destas marcas chinesas de 100 reais. O resultado era angustiante.
Mas, qualidade e preço era sempre uma combinação interessante.

O Panasonic TH-42PV70LB não é nenhum diamante lapidado como exageram alguns. Não é Full HD, e portanto quem quiser extrair o máximo de um player blu-ray, HD-DVD, ou mesmo de um player convencional de DVD com upsampling de 1080 linhas, deve escolher um outro modelo.
Não está livre de burn-in, e até o manual alerta quanto aos cuidados para minimizar o problema.

O aparelho possui um bom número de conexões, a ajustes suficientes para qualquer gosto.
Tem um acabamento bonito, e um controle remoto bastante prático, apesar de não ser iluminado (uma falha séria).

Não sou um apreciador de TVs de plasma. Acho que as tecnologias de Plasma e LCD ainda têm muito para evoluir em termos de qualidade de imagem.
Mas, esta Panasonic me surpreendeu positivamente. Com um bom ajuste, um player de boa qualidade, e uma gravação também do mesmo nível, é possível afirmar que a sua imagem fica bastante próxima de um bom TV CRT, em termos de brilho, cor, contraste e qualidade de imagem.
Utilizando o DVD player Marantz DV6001, com saída redimensionada para 720p, e o DVD Superbit O Patriota, as imagens se mostraram muito boas, com boa definição, cores precisas e preto adequado.

Os ajustes foram bastante simples e intuitivos. Mas, dependendo da fonte (DVD, SKY ou TV aberta), faz-se necessário um ajuste diferente, para extrair o melhor de cada condição.
Mesmo na TV por assinatura, que a tecnologia Plasma nunca me convenceu muito, as imagens ficaram bastante boas.

O som se mostrou padrão para este tipo de televisor. É bastante nítido, mas não se pode esperar muito.

O mercado oferece inúmeras outras opções, e esta é uma acertada. Certamente agradará seu comprador, principalmente considerando-se o preço de mercado, e das eventuais promoções. (em torno de R$ 2.900 a R$3.200)

Um produto que me deixou muito satisfeito.

Tempo de teste: 30 dias.


2 Comentários em TV Panasonic Plasma 42″ TH-42PV70LB

  1. Eduardo, gostaria de ler um artigo escrito por você comentando sobre as diferenças entre as tecnologias LED/LCD e Plasma.

    Você ja escreveu sobre o assunto?

    Obrigado

    Marcellus

  2. Olá Marcellus,

    Obrigado pela sua participação e sugestão.
    Vou preparar algo neste sentido, mesmo porque agora começam a chegar as TVs 3D, e é importante mencionar as vantagens e desvantagens de cada tecnologia.

    Eduardo

Faça um comentário