Teste de Cabos Digitais da What Hi-Fi?

A publicação inglesa, What Hi-Fi?, nesta edição de Novembro de 2012, testou vários cabos digitais.
Veja como foram os resultados.

Admiro muito a revista What Hi-Fi?, que deveria ser mais um exemplo para algumas publicações que andam desanimadoras pela falta de qualidade e forte interferência de interesses comerciais.
A What Hi-Fi? não esconde a sua decepção quando testa um produto ruim, e diz logo tratar-se de um produto inferior, não recomendado ou que é possível encontrar no mercado opções de melhor desempenho ou menor preço.
Bem diferente de algumas publicações que omitem qualquer avaliação ruim, principalmente de seus anunciantes.
Se a What Hi-Fi? ainda não é a publicação perfeita, pela falta de análises de laboratório e de usar ainda o velho sistema de pontuar produtos (no caso com estrelinhas), pelo menos nos traz informações mais “honestas”, e só por isso já merece um pouco mais do nosso respeito.

Neste mês, a What Hi-Fi? testou vários cabos digitais óticos e USB, e comentou os resultados, sempre de forma clara, honesta e, até mesmo, audaciosa, como são os comentários que fez da famosa “grife” Ecosse. Eles não perdoam, e têm coragem de dizer o que presta ou não presta (que exemplo para algumas revistas…).

Os cabos óticos testados foram:
– Atlas Equator Optical
– Chord Company Optichord
– Ecosse T2T Deluxe Optical
– QED Performance Graphite Optical
– Wireworld Nova 6 Optical

E os cabos USB testados foram:
– Audioquest Cinnamon USB
– Clearer Audio Silver-line USB
– Russ Andrews Kimber USB
– Supra USB

Sempre defendo que bons cabos não precisam ser necessariamente caros, como o próprio teste demonstra aqui.
Muitos fabricantes invadem a casa das centenas ou milhares de dólares (ou libras) e fornecem produtos inferiores a outros bem mais baratos, muitas vezes apoiados na “grife” de luxo de suas marcas, ou no nome conceituado que criou em outras épocas e, frequentemente, às custas de muito investimento publicitário e da falta de conhecimento do mercado.
Cabos bons e honestos não custam caro, como querem nos fazer acreditar alguns “espertinhos” do mercado.

Meu destaque vai para a QED, que sempre apresentou ótimos resultados em meu sistema, e por preços bastante “reais”.

Para assinar esta excelente publicação, que entrega no Brasil, acesse: www.whathifi.com . Vale a pena. Sou assinante há muitos anos e nunca deixei de receber um número. E cada edição é muito rica em testes e informações.

Clique nas imagens abaixo para ampliá-las:

1 Comentário em Teste de Cabos Digitais da What Hi-Fi?

  1. Por isso todo meu cabeamento é da QED! graças as propagandas do Eduardo!

    Brincadeira Eduardo!!!

    Realmente os cabos da QED não são caros e são muito bem construídos. como vi teste bem feitos aqui a favor dessa marca, resolvi confiar nos amigo Eduardo e sua turma que participou do teste!

Faça um comentário