Schiit Loki Mini+… um controle de tonalidade mais sofisticado

A busca pelo ajuste personalizado do som vem crescendo no mundo todo. O Loki Mini+ pode ser mais uma opção interessante nessa direção.
Descobriremos isso em breve.

Tudo evolui, e parece que a forma de ouvir música em alta-fidelidade também vem mudando num momento em que o audiófilo começa a entender que: a forma como ele ouve começa a ser mais importante do que o próprio equipamento.

Muito se discute hoje sobre o ajuste do som para compensar os nossos desvios auditivos, afinal, já está provado que já após os 20 anos de idade começamos a sofrer com perdas significativas de sensibilidade em algumas faixas. Por mais que isso incomode o mercado em geral, que sempre buscou dar importância principal aos equipamentos, e também provoque um incômodo em publicações e avaliadores (reviewers) de equipamentos que vêem suas metodologias e seus julgamentos baseados em mera subjetividade (“escutadas”), esta é uma realidade científica, inegável e incontestável, por mais que vivemos numa época onde negacionistas e ignorantes troquem a ciência pelo “achismo”.

Chega daquela sensação de som “abafado”, sem agudos, daquela limitação auditiva que nos faz ouvir um som mutilado e irreal.

Parece que a Schiit, um fabricante americano do Estado da Califórnia, reconhecido pela sua genialidade em oferecer produtos de bom desempenho por preços muito acessíveis, está oferecendo uma opção interessante para proporcionar um ajuste mais preciso à sonoridade de nossos sistemas.
Trata-se de um controle de volume mais abrangente, com quatro faixas de atuação, e concebido para oferecer um nível de qualidade compatível com sistemas de alta-fidelidade.
Segundo a apresentação do fabricante:

“Sim, controle de tonalidade. Tipo, equalizador. E sim, sabemos que os controles de tonalidade caíram de uso no planeta nas últimas décadas.
Mas decidimos trazê-los de volta com o original Loki Mini+. E agora, com o Loki Mini+, aumentamos o desempenho – ampliando ainda mais os limites com super alta-fidelidade, baixo ruído, estágio de ganho discreto único, filtro por LC, equalizadores acessíveis melhorados.”

Obs: O Loki Mini+ não faz uso de capacitores no caminho do sinal.

Seria o Loki Mini+ um equalizador de 4 bandas ou um controle de tonalidade mais abrangente? Poderia ele ser uma opção mais simples e mais acessível para a proposta que defendemos de “customizar o som”? Até então temos recomendado o uso de equalizadores, dispositivos DSP e até colocando o DSPeaker numa posição privilegiada nesta aplicação, mas, talvez o Loki Mini+ se mostre agora como uma alternativa a ser considerada.
Para responder a estas perguntas, já encomendei uma unidade junto ao fabricante para testes, e espero em breve poder compartilhar os resultados com os nossos leitores.

Se formos levar em conta a experiência com um DAC DSD da marca (que comprei para testes) que fez muito sucesso há alguns anos, acho que a conclusão pode ser muito positiva.

Aguardem !!!

 

O companheiro silencioso e transparente Loki Mini + transforma o seu sistema sem atrapalhar ou se mostrar presente. Esqueça os equalizadores ruidosos e de som ruim que você pode ter usado no passado. O Loki Mini+ usa um simples estágio de ganho de realimentação de corrente discreto, acoplado a filtros LC passivos para 3 bandas, além de um gyrator* para os graves. Ele também utiliza potenciômetros Alps selados com faixas de ajuste criteriosas para permitir um controle preciso. Juntamente com uma configuração de bypass 100% passivo, o Loki Mini + oferece a transparência e a flexibilidade de que você precisa.

Gyrator: O gyrator é um circuito elétrico passivo, linear, sem perdas inventado em 1948 por Bernard D.H. Tellegen do Laboratório de Pesquisa Philips, em Eindhoven na Holanda (“The gyrator, a new electric network element”, Philips Res. Rep. 3 (1948) pgs 81-101) como um hipotético quinto elemento linear (os outros são o resistor, o capacitor, o indutor e o transformador ideal).

Especificações:

Frequency Response: 20Hz-20Khz, -0.1db, 2Hz-800KHz, -3dB

Maximum Output: 10V RMS into 10K ohms

THD: Less than 0.0008%, 20Hz-20KHz, at 2V RMS in/out, pots centered, active stage enabled, less than 0.005% at any potentiometer setting

IMD: Less than 0.001%, CCIF

SNR: Greater than 114db, unweighted, referenced to 2V RMS

Crosstalk: -80dB, 20Hz-20KHz

Output Impedance: 75 ohms

Input Impedance: 47K ohms

Bands: 20Hz, 400Hz, 2kHz, 8kHz

Adjustment: +/-12dB at 20Hz and 8kHz, +/-6dB at 400Hz and 2kHz

Topology: fully discrete, all-bipolar, symmetrical current-feedback design with matched parts throughout, driver stage, DC coupled, and DC servo

Filtering: capacitor-gyrator for 20Hz, capacitor-inductor (LC) for all other bands

Power Supply: “Wall wart” style 16VAC transformer, regulated +/- 15V rails

Power Consumption: 4W

Size: 5 x 3.5 x 1.25”

Weight: 1 lb

Preço (nos EUA):

US$ 149 (vende direto para o Brasil)

Site:

https://www.schiit.com/products/loki-mini-3

 

3 Comentários

  1. Adquiri um já faz algum tempo. Muito bom, preciso, límpido e realmente útil para customizar a saída sonora ao gosto do ouvinte, segundo as preferências pessoais, capacidades e possibilidades do sistema auditivo e também dos diversos equipamentos que cada um possui.

  2. Olá Ivan. Obrigado pela sua opinião.
    Gostaria de falar mais dele?
    Acho que ele pode ser uma boa opção para ajustar um sistema. Notou algumas alteração de detalhamento, nível de ruído, palco, ou outra característica qualquer?
    Obrigado
    Abraço

Faça um comentário