B&W equipa o novo Jaguar XP

Um som de qualidade para um veículo feito para um público bastante exigente.

Imagem

A nova sensação da Jaguar, o XF, é uma super-máquina. A fera vem equipada com várias opções de motorização, desdo o V6 turbodiesel de 2,7l, um dos mais refinados da categoria, até os poderosos V6 de 3.0l, V8 de 4.2l ou o V8 supercharged com nada menos do que 416 cavalos !!!

É uma máquina para poucos, concebida com perfeição em todos os detalhes. Requinte, luxo, tecnologia e bom gosto, e o carro já ganhou o prêmio de Carro do Ano pela What Car?

Para acompanhar toda essa sofisticação e audácia, a inglesa B&W – Bowers-Wilkins, um dos mais importantes fabricantes mundiais de caixas acústicas para o mercado Hi-Fi e Hi-End, investiu 3 anos no desenvolvimento de um sistema de som de altíssima qualidade para equipar o novo lançamento da Jaguar.

O projeto da B&W tinha como objetivo atingir um nível de qualidade audiófila dentro do veículo, algo que ainda não havia sido plenamente alcançado pela indústria de áudio, em virtude do grande número de limitações que um veículo impõe a um projeto desse porte.
Para tanto, o fabricante inglês desenvolveu novos conceitos tecnológicos, como um sistema de reprodução de graves que não toma grande espaço do interior do veículo, mas que consegue proporcionar graves de altíssima qualidade, surpreendendo os especialistas até então acostumados com soluções bem menos efetivas.

A parceria da Jaguar com a B&W levou aos seus veículos produtos como os alto-falantes de Kevlar, material que vem sendo usado hoje por um grande número de fabricantes de caixas Hi-Fi e Hi-End, por suas ótimas características, muito apreciadas em projetos de áudio.
A B&W obteve o primeiro patente para o uso de Kevlar em alto-falantes, material com características consideradas imbatíveis nesta aplicação, e que equipa caixas acústicas de alguns dos mais exigentes estúdios do mundo, como os famosos Abbey Road, Skywalker Studios e Deutsche Gramophone, entre outros.
Os alto-falantes receberam uma nova geometria, e foram cuidadosamente ajustados pelos mesmos engenheiros de som que desenvolvem os sistemas para estúdios.
Os novos tweeters de domo de alumínio com desempenho estendido também foram utilizados, assim como os modernos e revolucionários tweeters de domo de diamante.
O sofisticado conjunto de som emprega 14 alto-falantes, distribuídos em um sistema Dolby Pro Logic II 7.1 canais.
O objetivo, plenamente alcançado, e até então inédito, era proporcionar a mesma experiência sonora para todos os ocupantes do veículo, independente de onde estão sentados.

Um exemplo do desenvolvimento de tecnologia específica para uso automotivo, e empregada no XP, foi patenteada com o nome de Micro Matrix. Desenvolvido a partir do sistema Matrix criado pela própria B&W, consiste na ocupação do espaço acústico onde encontram-se os alto-falantes por um conjunto de células independentes de alumínio, que reduzem drasticamente as vibrações e ressonâncias que prejudicam o desempenho sonoro, um dos principais problemas encontrados nos sistemas de som automotivos.
A diferença foi relatada como “dramática”, e isso colabora com o excelente desempenho de todo o conjunto.

A Jaguar já recebeu mais 3 000 encomendas de seu novo modelo até dezembro de 2007, e, de acordo com especialistas do setor, é muito provável que as projeções de venda do carro sejam superadas.

Outras informações podem ser obtidas nos seguintes endereços:

http://www.bowers-wilkins.com/display.a … terid=2484

http://www.jaguar.co.uk/uk/en/xf/highli … uction.htm

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário