A Triste Despedida do Querido Moyses Tenenblat

Moyses Tenenblat

1941 – 2018

É com imensa tristeza que tomamos conhecimento do falecimento do Sr. Moyses Tenenblat, amigo, audiófilo, e proprietário da Sound Advice / Sound Stage, em Brasilia.

O estimado Moyses faleceu no último dia 07 de maio, aos 77 anos, e deixará muitas saudades.

moyses

.

7 Comentários em A Triste Despedida do Querido Moyses Tenenblat

  1. Que noticia triste, encontrei ele varias vezes nas feira de audio em SP, pessoa incrível, um dos únicos que vendia equipamento com preços justos.

  2. Olá Bario

    O Sr. Moyses era de uma personalidade elogiadíssima. Muito simpático. Nunca o conheci pessoalmente, mas conversávamos muito por telefone sobre áudio e política, além de outros temas.
    Ele vivia a realidade, conhecia muito sobre áudio, nada destas bobagens que circulam tanto pela internet e revistas.

    Muito honesto, era um dos poucos (talvez o único que eu tivesse conhecido) que vendia produtos de áudio por preços honestos. No meu primeiro CD player da Arcam e o meu integrado Creek paguei os mesmos valores que eram praticados nos EUA.
    Minhas caixinhas da Quad, meus cabos QED, e tantos outros que comprei com ele sempre com preços compatíveis com o mercado externo.
    Nada desta pilantragem que vemos hoje por aí.

    Por conta disso até sofreu discriminação por algumas publicações que não gostavam muito da sua postura honesta. Uma delas chegou a dar uma baixa pontuação para um de seus produtos, que logo recebeu o selo de Classe A da Stereophile americana.
    Coisas da trambicagem que sempre existiu em nosso mercado de áudio apoiado por revistinhas pouco sérias.

    O Sr. Moyses é para mim uma referência em muitas coisas, e tinha muito para ensinar para essa molecada que acha que sabe de tudo. Deixará muitas saudades.

    Abraço

    Eduardo

  3. Olá Cesare,

    Não tenho certeza, mas parece que a Sound Advice foi encerrada.
    A Sound Advice era 100% o Moyses.

    Abraço

  4. Tive o prazer de conversar pessoalmente com ele em algumas oportunidades nas feiras de áudio e era uma pessoa muito honesta.
    Continuo utilizando o CD player da Exposure que comprei dele, acho que no ano 2000.
    Uma perda muito grande. Que descanse em paz.

Faça um comentário